domingo, 28 de junho de 2009

Por igualdade, liberdade, fraternidade

Iseridos no século XXI, nossos contos e poemas do século XX. Porque o amor não tem idade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário