quarta-feira, 3 de março de 2010


Explicar o poema suspenso no ar,
pronto e definido, as rimas as portas todas abertas.
Domar sua força, dobrar sua fúria,
como colocar as palavras, acender os relâmpagos
definir os limites e dizer: está pronto o poema?
Manter certeza, exata a certeza:
o poema vai pintar, o poema vai cantar e abrir os olhos.
O poema desvenda
a loucura que tua ausência provoca em mim,
beijo que estou dando no ar
Difícil manter o poema suspenso no ar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário